• +55 (19) 3701-3476

Aneel estima impacto tarifário médio de 21,04% para 2022.

Publicado em Wednesday, 17 de November de 2021
Aneel estima impacto tarifário médio de 21,04% para 2022.

Por: João Victor Bonora - Middle Office | Migratio Energia. 

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel divulgou por meio de memorando no dia 05/11 as considerações do Superintendente Adjunto de Gestão Tarifária, Claudio Elias Carvalho, sobre a previsão do impacto que medidas extraordinárias tomadas para garantir o suprimento energético do sistema durante a pior crise hídrica registrada no histórico de 91 anos.

A Superintendência de Gestão Tarifária – SGT aponta que os custos excepcionais de geração, dentro das melhores estimativas da Superintendência de Regulação dos Serviços da Geração – SRG, com base em dados do ONS e da CCEE, apontam para um déficit de custo acumulado até abril de 2022, da ordem de R$ 13 bilhões, já descontada a previsão de arrecadação da receita da bandeira tarifária patamar escassez hídrica no período. Esse déficit de custo frente à cobertura tarifária pelas distribuidoras implica em um impacto tarifário médio de aproximadamente 6,37%.

A respeito dos novos contratos na modalidade por Disponibilidade do Procedimento Competitivo Simplificado – PCS nº 1/2021, a SGT estimou para 2022 uma necessidade de cobertura tarifária de cerca de R$ 9 bilhões, o que equivale a um impacto tarifário médio de 4,49%. Esse valor permanecerá na tarifa até o final do período de suprimento dos contratos de geração do PCS. Cabe salientar que essa estimativa contempla apenas a cobertura econômica, pois, a depender do nível de despacho dessas usinas e do PLD, podem ocorrer custos com a aquisição de combustível que serão percebidos pelas Bandeiras Tarifárias e/ou pela CVA de cada distribuidora, sendo as diferenças repassadas às tarifas.

Nesse contexto, estimam que o conjunto de medidas, incluindo também Redução Voluntária da Demanda – RVD e importação de energia do Uruguai e Argentina, apontam um impacto médio da ordem de 21,04%.

O governo federal está estruturando um novo empréstimo de até R$ 15 bilhões para as distribuidoras de energia, com o intuito de evitar altas revisões tarifárias em 2022, ano de eleição presidencial, e aliviar aos consumidores o alto custo térmico de 2021 em decorrência da crise hídrica. 

 

CONTATOS

  • Icone 01
    Rua Senador Vergueiro, 995 I CJ 23 a 26
    2° andar, Centro - Limeira - SP
    CEP: 13480-001
  • Icone 02
    Atendimento
    Segunda à Sexta das 8h às 18h
  • Icone 03
    migratio.front@migratio.com.br
    +55 19 3701.3476
Fale com nossa equipe
Quero conhecer as soluções da Migratio
Fale com nossa equipe
Quero conhecer os produtos